Se você é profissional de marketing, precisa saber do que está falando…

marketing.jpg
O que vou escrever pode parecer óbvio, mas não é. Ouvi dezenas de vezes os chamados “profissionais do marketing” se envolverem em questões que desconhecem, fazer propostas para empresas e serem contratos e depois amargarem a rescisão contratual por não cumprimento de metas.
Mas por que isso acontece? Na verdade, falta comprometimento com o cliente muitas vezes pelo fato de não se poder focar. Mas se existe um contrato, que o preço do foco no objetivo do cliente esteja inserido no contexto. Dessa forma, não há como errar.
Se você é novo na área, vão aí algumas dicas:
1. Não se esqueça do motivo de ter sido contratado. Faça dele o seu objetivo e o persiga até que tenha conquistado o objetivo.
2. Seja insistente. Não adianta querer que seu cliente abra o jogo na primeira reunião de trabalho. Mas seja persistente e pergunte quantas vezes forem necessárias o que realmente precisa saber. Identifique as necessidades, sejam elas novo site, integração com cliente, responsabilidade social ou aparecer nos mecanismos de pesquisa (SEO).
3. Trace um planejamento estratégico. Marketing e publicidade são duas coisas diferentes. Marketing é planejamento. Só dará certo se o seu trabalho conseguir impactar diretamente o desempenho do negócio do seu cliente. Por isso, no planejamento, sempre coloque metas e o prazo que irá cumpri-las. Mudar o perfil de consumo de uma região, por exemplo, não acontece em menos de três anos. Saiba o que quer, como quer e onde vai conseguir. E realize! Nada de colocar apenas prazos longos. Sempre tem resultados que podem ocorrer nos primeiros três meses e, assim, sucessivamente.
E se você é um pequeno empresário, como pode escolher a agência?
1. Primeiro tente lidar sozinho com seus problemas. Se não conseguir, uma agência poderá fazer o mesmo trabalho de forma eficiente e contornando crises internas que poderiam ter sido resolvidas se fossem planejadas desde o início.
2. Procure uma agência que pense como você, mas que não fale apenas sim senhor. Você já a procurou por não ser um expert na área. Deixe a agência fazer por você. Mas acompanhe sempre. Prefira as que desafiem o seu raciocínio e te tragam resultados.
3. Cuide quando a agência quer usar termos difíceis para o seu dia a dia e não te traga resultados práticos. Clichês como “presença de marca”, “estratégia de entrada no mercado”, “microssite”, “código QR” ou “campanha direcionada” só vão mostrar que os proprietários e diretores entendem da teoria. Mas e a prática? Como ela se aplica? Queira saber mensalmente os resultados práticos: quantos clientes entraram no meu negócio, quantos reais em vendas foram produzidos, qual foi meu custo? Claro que resultados não serão obtidos do dia para noite, como já expliquei, mas não se pode perder ainda mais clientes…
Poucas dicas, mas já te ajudam a manter os olhos bem abertos!
Quer saber mais sobre marketing empresarial? Que tal aplicar em sua empresa?
Você tem suas dúvidas! Nós, a solução!
Ventura Comunicação – Fones (41) 9229-1359 (também whatsap) / (41) 3402-5825
Email – lucianapombo@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *